Eólica e solar atingem um décimo da eletricidade global

Eólica e solar atingem um décimo da eletricidade global

Todas as fontes limpas de eletricidade geraram 38% da eletricidade mundial em 2021.

A geração solar aumentou 23% no ano passado e a eólica 14%. Combinados, isso os leva a mais de 10% da geração global de eletricidade. Os dados são do relatório Revisão Global de Eletricidade, elaborado pela Ember, instituição independente de energia.

Ainda de acordo com a pesquisa, todas as fontes limpas de eletricidade geraram 38% da eletricidade mundial em 2021, mais do que o carvão (36%).

Segundo a Ember, para estar em um caminho que mantenha o aquecimento global em 1,5 graus, a energia eólica e solar precisam sustentar altas taxas de crescimento composto de 20% a cada ano até 2030. Essa é a mesma taxa de crescimento da média na última década. 

“Isso agora é eminentemente possível: a energia eólica e solar são as fontes de eletricidade de menor custo em uma base nivelada, com uma experiência global cada vez maior de integrá-las em redes de alto nível. Com 50 países individuais gerando agora mais de 10% de sua eletricidade a partir desses recursos de implantação rápida, e três países já gerando mais de 40%, já está claro que essas tecnologias estão entregando”, destacou Dave Jones, líder global da Ember.

O relatório ainda aponta que governos como os EUA, Alemanha, Reino Unido e Canadá estão tão confiantes na eletricidade limpa que planejam mudar sua rede para eletricidade 100% limpa na próxima década e meia. Mas com o carvão ainda aumentando e a demanda por eletricidade continuando a aumentar, todos os governos com redes intensivas em carbono precisam agir com a mesma ousadia e ambição.

“Eólica e solar chegaram. O processo que irá remodelar o sistema energético existente já começou. Nesta década, eles precisam ser implantados na velocidade da luz para reverter o aumento das emissões globais e combater as mudanças climáticas”, concluiu Daves.

Deixe um comentário